Quem trabalha com saúde e bem-estar precisa atender em um ambiente limpo, organizado e funcional, que sirva como um cartão de visitas para o seu negócio. A reforma de consultório odontológico deve ser realizada pensando nesses quesitos e bem planejada, para não causar transtornos para os pacientes e profissionais.

Muitos dentistas tendem a adiar os reparos em suas clínicas por medo do barulho e sujeira misturados ao ambiente, que precisa ser esterilizado e sóbrio. Entretanto, com suporte especializado, esses transtornos são bastante minimizados e os reparos, realizados em pouco tempo.

Se está pensando em melhorar o visual e funcionalidade de seu consultório, leia então estas 7 dicas que vão facilitar o processo e certamente contribuir com a sua decisão. Boa leitura!

1. Mapeie as necessidades antes de realizar uma reforma de consultório odontológico

A mudança não precisa ser apenas estética. Busque realizar melhorias que tenham a ver com a funcionalidade do espaço e que facilitem sua rotina de trabalho. Essas alterações podem ter relação com a circulação de ar, com o espaço para livre passagem das cadeiras, posição dos armários, distância entre a sala de atendimento e o estoque de materiais, entre outros.

Nessa fase de planejamento, peça ajuda para os colaboradores da clínica e/ou outros dentistas que atuam no mesmo espaço. Eles podem trazer sugestões interessantes e outras dificuldades que você — fechado na sala odontológica a maior parte do tempo — não vê. Os reparos devem ser realizados para trazer conforto a todos que transitam no local.

2. Avalie a necessidade de ampliar o espaço

Como mencionamos, a circulação da cadeira odontológica é um item que merece atenção na reforma. Em salas muito pequenas, essa dificuldade de movimentação pode prejudicar e atrasar um pouco o trabalho. Se necessário, estude ampliar esse espaço, derrubando algumas paredes. O mesmo vale para banheiros e recepção da clínica, de modo a facilitar a passagem de funcionários e clientes.

Como em alguns casos o espaço é alugado e o proprietário do imóvel não quer colaborar com as custas dessa adequação, uma opção seria utilizar materiais mais leves, fáceis de instalar e com custo moderado, como o drywall ou o gesso.

3. Minimize a sujeira e o barulho

Uma preocupação dos proprietários ou administradores de clínicas odontológicas, ao iniciar uma reforma, está na sujeira e barulho causados por ela. O serviço está sujeito a diversas regras da vigilância sanitária em função do risco de contaminação e infecções. 

O barulho de marretas ou equipamentos de corte também dificultam o trabalho do profissional e gera desconforto para o paciente, que já precisa lidar com o ruído da caneta de alta rotação, o famoso motorzinho dos dentistas.

Se grande parte dos consultórios está dentro de condomínios, com horários e normas específicos, como fazer para realizar a reforma no período comercial? A solução seria realizar uma obra seca, que utiliza materiais mais limpos e sustentáveis. Parte das alterações são realizadas fora do espaço e somente instaladas no local.

4. Use os espelhos de forma estratégica 

O recurso dos espelhos traz maior amplitude e imprime modernidade aos ambientes. A superfície lisa e brilhante remete ainda à limpeza e pode ser aplicada em diversos móveis e superfícies.

Para fugir do comum espelho no lavabo ou hall, experimente aplicá-lo na porta de entrada do consultório, no balcão da recepção ou nos armários da própria sala de atendimento. Você pode acrescentar iluminação embutida — com fitas de led — nesses locais. Além de trazer sofisticação para o espaço, o efeito colabora para a iluminação do ambiente.

5. Dê atenção à segurança dos pacientes

Pense que o consultório será frequentado por todos os públicos e idades, de idosos a bebês. Por isso, tome alguns cuidados para evitar transtornos durante o atendimento. Opte por pisos de qualidade e pouco escorregadios. 

Os assoalhos de PVC, laminado ou mesmo cerâmica, desde que antiderrapante, são boas opções e ainda permitem a aplicação piso sobre piso, o que reduz a sujeira e faz com que possam ser retirados com maior facilidade. Evite também deixar quinas desprotegidas ou objetos cortantes e pontiagudos nas áreas comuns.

Falando em cuidados, verifique também se a execução da obra acontece de forma a respeitar os critérios de segurança-padrão, evitando acidentes e riscos para os prestadores de serviço, funcionários, pacientes da clínica e para você, inclusive.

6. Realize os serviços com uma equipe especializada

Contratar apenas um empreiteiro ou pedreiro para execução da obra pode acarretar alguns transtornos, já que as obras das áreas médicas exigem cuidados específicos. O ideal seria contratar uma empresa especializada em reformas, que possua profissionais treinados para atuar em nichos comerciais específicos, como é o caso da odontologia.

Com ela, você tem respaldo para readequar o espaço dentro das normas do CREA, da Anvisa e do Corpo de Bombeiros simultaneamente, além de obter suporte de um engenheiro e um arquiteto para deixar o lugar mais adequado, prático e bonito.

7. Capriche na qualidade dos móveis e acabamentos

Não é exagero dizer que a sala de espera e a recepção de uma clínica refletem o trabalho do profissional. Enquanto dentista, a qualidade dos materiais de pisos e móveis pode passar a impressão do quão caprichoso, detalhista e preciso é o profissional que ali atua.

Escolha com atenção as cadeiras ou sofás da recepção, dando prioridade a assentos confortáveis e de fácil limpeza. O mesmo vale para a qualidade e a impermeabilização do estofado da cadeira odontológica e elementos decorativos do espaço.

Por falar em decoração, a paleta de cores do consultório pode seguir sua logomarca, desde que aplicada de forma estratégica e equilibrada. O branco transmite higiene e luminosidade para as áreas da saúde, mas não precisa ser o único elemento. Ambientes coloridos trazem alegria e vivacidade, principalmente se parte do seu público for infantojuvenil.

Essas foram nossas dicas para realizar uma reforma de consultório odontológico bem-sucedida, favorecendo a atuação dos dentistas e transmitindo conforto e profissionalismo para os pacientes da clínica. Após os reparos e transformação arquitetônica, capriche na decoração e na qualidade do atendimento para garantir uma agenda sempre lotada.

Precisando de apoio para realizar a sua obra enquanto segue com suas atividades? Entre em contato com um de nossos técnicos e conheça mais sobre nossos serviços!

Comments 0

Leave a Comment