A repetição é útil e necessária para o trabalho e o aprendizado. No entanto, uma de suas desvantagens é que atividades recorrentes, quando executadas com postura e equipamentos incorretos, podem afetar negativamente a saúde, produtividade e qualidade de vida de uma pessoa. A ergonometria é a solução encontrada no ambiente empresarial para prevenção desses problemas.

Por ter relação direta com a capacidade dos colaboradores, investir em medidas que melhorem o ambiente de trabalho pode trazer bons resultados para a empresa. Isso aumenta o reconhecimento de sua gestão — pelos esforços realizados nesse sentido — e favorece a retenção dos melhores talentos do mercado.

Conheça, a seguir, mais sobre os benefícios da ergonometria e veja algumas ações relacionadas a esse conceito que podem ser adotadas no seu negócio. Boa leitura!

O que é a ergonometria?

Também conhecida como ergonomia, trata-se de um conjunto de teorias e técnicas que visam a adequar o ambiente de trabalho ao corpo e necessidades dos colaboradores. O mais comum — não tão eficiente — é desenhar um layout conforme as demandas de atendimento e produção, deixando o funcionário se adaptar ao que foi construído. A ergonometria faz exatamente o contrário.

Atuando em um local projetado para o seu conforto, o profissional passa a trabalhar mais focado e satisfeito, sente menos dores e melhora sua produtividade. Isso garante mais saúde física e mental para que os colaboradores possam trazer novas ideias e qualidade para a execução das tarefas.

O conceito é dividido em três categorias, a partir das quais é possível promover melhorias relacionadas aos seguintes aspectos:

  • físico — avaliação da postura, movimentos repetitivos, qualidade da iluminação, etc.;
  • operacional — mudanças em processos internos que diminuam a sobrecarga de cada trabalhador;
  • cognitivo — estudo da capacidade de raciocínio, memória e inteligência emocional dos colaboradores, promovendo ações que aprimorem essas habilidades.

Além de melhorar a saúde daqueles que fazem o negócio acontecer, a adaptação ergonômica traz diversas vantagens para a empresa, assunto que detalharemos melhor a seguir.

Por que investir nesse conceito?

Os gastos iniciais com a implementação da ergonometria serão compensados com a diminuição de custos, aumento da capacidade de atendimento e qualidade dos produtos e serviços oferecidos ao público. Existem outros inúmeros benefícios trazidos por esse conceito. Confira abaixo os principais!

Atende à legislação 

O Ministério do Trabalho, por meio da NR-17, regulamenta algumas condições para empresas que possuam demanda de transporte e carregamento de materiais, manejo de produtos químicos e operação de máquinas. Também estabelece alguns critérios sobre a saúde ocupacional em lojas e escritórios.

Vem daí a obrigatoriedade de realizar as avaliações de PPRA e PCMSO. Os documentos são úteis para comprovação das condições de trabalho dos funcionários, em caso de processos licitatórios e jurídicos, mas são também uma boa maneira de colocar a ergonomia em prática e medir seus resultados.

Reduz afastamentos e abstenções 

As faltas relacionadas às questões de saúde são as ocorrências mais comuns de absenteísmo nas empresas. Com a ergonomia, é possível reduzir essas justificativas e os afastamentos causados por acidentes de trabalho e lesões por esforços repetitivos.

A queda do absenteísmo reduz também o índice de turnover e melhora as métricas de produção e atendimento da organização.

Valoriza e reconhece os colaboradores

Acredite ou não, uma cadeira e mousepad adequados podem mudar o dia de um funcionário. Empresas que investem em ergonomia tendem a ser reconhecidas pelo seu quadro de trabalhadores que, em troca, retornam maior engajamento com os objetivos do negócio.

Melhora a produtividade

Esse é um dos maiores resultados trazidos pelas mudanças ergonômicas ao ambiente de trabalho. Com menos dores e estresse, o funcionário passa a se concentrar melhor nas suas atribuições, produzindo com maior rapidez e qualidade.

Com a melhora, a empresa passa ter menos desperdícios com insumos e reduz os custos ligados ao retrabalho e com peças apresentando defeitos.

Favorece a imagem da empresa

Aplicar os princípios da ergonometria valoriza a imagem empregadora da marca, critério reconhecido por fornecedores, clientes e parceiros do negócio. A empresa passa também a ser mais valorizada no mercado de trabalho, atraindo o interesse de profissionais qualificados e retendo os talentos internos.

Transforma o clima organizacional

Funcionários satisfeitos permanecem felizes por mais tempo. Com isso, a empresa ganha com a diminuição das reclamações, das conversas paralelas, dos desentendimentos e fragmentação das equipes.

Como implementar a ergonometria na sua empresa?

Para fornecer o local de trabalho ideal, a empresa precisa realizar mudanças culturais e de estrutura. Será essencial instaurar um comitê de ergonometria internamente, além de criar um plano de ação para as mudanças. Para os aspectos relacionados à gestão e comportamento, busque incentivar e promover as seguintes melhorias:

  • adquirir móveis e equipamentos anatômicos e reguláveis;
  • oferecer um programa de ginástica laboral;
  • reduzir o uso de horas extras e jornadas de trabalho exaustivas;
  • conscientizar os colaboradores sobre a postura correta e a necessidade de realizar pequenas pausas;
  • organizar e distribuir melhor as tarefas;
  • melhorar a comunicação interna;
  • recomendar a adoção de hábitos de vida mais saudáveis.

Outras alterações, relacionadas ao layout e iluminação do espaço, podem ser necessárias. Como a ergonometria busca facilitar o trabalho do indivíduo, é interessante reavaliar a planta do imóvel e realizar algumas reformas para ajustar os ambientes, como deixar o estoque mais próximo ou ampliar e ventilar a área de produção. Dessa forma, os colaboradores melhoram a postura e trabalham com mais conforto.

Na Refit Engenharia, temos profissionais capacitados para atender esses ajustes, oferecendo estudos personalizados para cada negócio. As adequações costumam ser rápidas e sustentáveis, sem a necessidade de que o empresário perca tempo no planejamento dos serviços. 

Portanto, não se preocupe: como atendemos aos critérios da ergonomia e segurança do trabalho, nossos prestadores de serviço atuam com equipamentos adequados, e os riscos de acidentes dentro das suas instalações serão os mínimos possíveis.

Investir em ergonometria traz retornos tangíveis e intangíveis para a empresa. Se, por um lado, maior produtividade melhora a receita, por outro, traz reconhecimento e resulta em profissionais mais felizes e saudáveis. Dentre as medidas aqui listadas, avalie quais podem ser adotadas desde já para melhoria do bem-estar corporativo, solicitando apoio profissional para as demais.

Seu projeto ergonômico vai precisar de uma pequena reforma? Entre em contato com a Refit Engenharia e tire suas dúvidas com um de nossos consultores!

Comments 0

Leave a Comment